4ª Mostra Canavial de Cinema

Grito dos excluídos

por Rodrigo Almeida

Num momento que o país parece dar uma guinada à direita, elegendo o Congresso Nacional mais conservador desde o início da Ditadura Militar; num contexto em que um candidato à presidência professa um assustador discurso de ódio em cadeia nacional; em que os meios de comunicação procuram defender mais o opressor que o oprimido num caso de racismo no futebol brasileiro; parece urgente afirmar um olhar humanista no país. Vivemos num tempo em que as intensas disputas políticas ocupam não apenas os espaços tradicionais de debate, mas avançam pelo campo estético, contaminando nosso imaginário, nossas formas de pensar, documentar e representar, cada vez mais expressadas através de imagens. Dentro desse processo, o cinema assume um papel proeminente e decisivo, se intensificando enquanto espaço de propostas, intervenções e militância.

Assim, a 4º Mostra Canavial de Cinema percorre o universo de diferentes excluídos do nosso país, com curtas-metragens de várias regiões, trazendo figuras cuja existência simboliza uma luta constante pela cidadania, destacando a necessidade de respeito, reconhecimento e combate permanente ao preconceito. São personagens – jovens vítimas de bullying, crianças com deficiência, índios defendendo suas terras, mulheres infelizes no casamento, jovens homossexuais, negros, drag queens, sem-teto, sem-terra… – que encarnam em si um desejo convergente de liberdade, afirmando o papel fundamental da convivência com a alteridade, com o outro, com o “diferente”, como forma de tornar mais consistente o projeto democrático no Brasil. Como um grito vibrante, portanto, os filmes da mostra almejam um país no qual todos os grupos humanos, independente de classe, de raça, de religião ou de orientação sexual, possam partilhar dos mesmos direitos.

Mostra Oficial

(Programa 1)
Do canavial para o mundo | 108′

SomoS SomoS
7′ | 2005 | PE | COR | PE | ANIMAÇAO

Sinopse:

SomoS SomoS é uma livre adaptação surreal de uma antiga fábula pouco conhecida hoje em dia, que narra estranhos acontecimentos ocorridos durante uma dia na vida de moradores da Zona da Mata da Pernambuco.

  • Direção: André Phyrrho e Paulo Leonardo |
  • Montagem: André Phyrrho |
Nêgo Fugido
19′ | 2009 | COR | BA | FICÇÃO

Sinopse:

Dois jovens artistas partem para conhecer um antigo ritual que revive a fuga dos escravos, no interior do Brasil. Lá, eles se envolvem com a celebração de uma forma inesperada!

  • Direção: Claudio Marques e Marília Hughes |
  • Fotografia: Nicolas Hallet |
  • Som direto: Simone Dourado |
  • Montagem: Cláudio Marques |
  • Direção de produção: Vanessa Salles |
  • Produção Local: Monilson dos Santos |
Sophia
15′ | 2013 | COR | PB | FICÇÃO

Sinopse:

Na busca por entender melhor o universo de Sophia, Joana, mãe dedicada, passa por belíssimas experiências sensoriais. Uma singela história de amor, cercada de poesia visual e sonora.

  • Direção: Kennel Rógis |
  • Fotografia: Breno César |
  • Som Direto: Gian Orsini |
  • Montagem: Kenel Rógis e Breno César |
  • Produção: Rebeca Zavask; Francisco Andrade; Leta Batista e Kenel Rógis |
N° 27
19′ | 2009 | COR | PE | FICÇÃO

Sinopse:

O banheiro tá na limpeza. – Luiz responde, segurando a maçaneta com toda força. – Limpeza? Deixa de conversa porra, abre a porta! – O banheiro tá na limpeza, procura outro, por favor. – Que limpeza…abre logo a porta eu quero mijar, velho! – Meu irmão, você pode chamar o coordenador, por favor…

  • Direção: Marcelo Lordello |
  • Fotografia: Roberto Iuri |
  • Som Direto: Phelipe Costa |
  • Montagem: Marcelo Lordello |
  • Produção: Lívia de Melo |
  • Produção Executiva: Alexandre Nogueira, Marcelo Lordello |
Malha
14′ 17” | 2013 | COR | PB | DOCUMENTÁRIO

Sinopse:

“E as crenças singulares traduzem essa aproximação violenta de tendências distintas…” “… saem das missas consagradas para os ágapes selvagens…” Euclides da Cunha (Os Sertões). A violenta materialização de um festejo popular, a malhação do Judas, no interior da Paraíba, onde os credos religiosos de um povo servem de pano de fundo para a entrega visceral ao escárnio profano.

  • Direção: Paulo Roberto |
  • Fotografia: Diego Benevides e Luis Barbosa |
  • Som Direto: Gian Orsini |
  • Montagem: Marcelo Coutinho |
  • Produção: Paulo Roberto |
À margem dos trilhos
7′ 19”| 2014 | COR | PE | DOCUMENTÁRIO

Sinopse:

Uma reflexão sobre o tema da habitação social, a partir do trajeto feito pelo trem do forró, que sai das proximidades das Torres Gêmeas, passa pelo cais José Estelita e cruza a ocupação da Vila Sul.

  • Direção: Marcelo Pedroso e Pedro Severien |
  • Fotografia: Marcelo Pedroso |
  • Som: Pedro Severien |
  • Montagem: Marcelo Pedroso e Pedro Severien |
  • Música original: Banda Magia Show |
  • Depoimentos: Cristina Lino Gouvea, Cleiton Barros, Waldermarta e Lorinaldo Rodrigues |
À sombra de um delírio verde
29′ | 2011 | COR | ARGENTINA, BÉLGICA e BRASIL | DOCUMENTÁRIO

Sinopse:

Na Região sul do Mato Grosso do Sul, fronteira com Paraguai, a etnia indígena com a maior população no Brasil trava, quase silenciosamente, uma luta desigual pela reconquista de seu território.
Expulsos pelo contínuo processo de colonização, mais de 40 mil Guarani Kaiowá vivem hoje em menos de 1% de seu território original. Sobre suas terras, encontram-se milhares de hectares de cana-de-açúcar plantados por multinacionais que, juntamente com governantes, apresentam o etanol para o mundo como o combustível “limpo” e ecologicamente correto.
Sem terra e sem floresta, os Guarani Kaiowá convivem há anos com uma epidemia de desnutrição que atinge suas crianças. Sem alternativas de subsistência, adultos e adolescentes são explorados nos canaviais em exaustivas jornadas de trabalho. Na linha de produção do combustível limpo são constantes as autuações feitas pelo Ministério Público do Trabalho, que encontra nas usinas trabalho infantil e trabalho escravo.
Em meio ao delírio da febre do ouro verde (como é chamada a cana-de-açúcar), as lideranças indígenas enfrentam o poder que se impõe e, muitas vezes, encontram como destino a morte encomendada por fazendeiros.

  • Direção: An Baccaert, Cristiano Navarro e Nicola Mu |
  • Fotografia: Nico Muñoz |
  • Som Direto: Aria Fligman |
  • Montagem: Nico Muñoz |
  • Produção: Cristiano Navarro |

(Programa 2)
Do mundo para o canavial | 107′

Ameaçados
22′ | 2014 | COR | PA | DOCUMENTÁRIO

Sinopse:

No Brasil profundo, onde lei e justiça dependem de nome e sobrenome, a luta pela terra é uma questão de vida ou morte. No sul e sudeste do Pará, pequenos agricultores seguem em seu sonho.

  • Direção: Júlia Mariano |
  • Produção Executiva: Julia Mariano |
  • Direção de Produção: CPT’s do Sul e Sudeste do Pará , Julia Mariano |
  • Diretor de Fotografia: Julia Mariano |
  • Som Direto: Julia Mariano |
  • Direção de Som: Julia Mariano |
  • Trilha Sonora: Tuzé de Abreu, Ricardo Luedy Montagem: Julia Bernstein |
  • Empresa Produtora: Osmose Filmes |
Menino-Aranha
13′ |2008 |PE | DOCUMENTÁRIO EXPERIMENTAL

Sinopse:

Uma real lenda urbana, contada no Recife na década de 1990.

  • Direção: Mariana Lacerda |
  • Produção: Mariana Lcerda |
  • Fotografia: Kiko Goifman e Marcelo Lacerda |
  • Som: Lívio Tragtenberg |
  • Trilha Sonora: Lívio Tragtenberg |
  • Montagem: Diego Gozze |
O anão que virou gigante
10′ |RJ | 2008 | COR | ANIMAÇÃO

Sinopse:

A improvável – todavia autêntica – história do anão que virou gigante.

  • Direção: Marcelo Marão |
  • Fotografia: Marão |
  • Produção: Marão Filmes |
  • Som: Leonardo Mendes, Pedro Iuá |
  • Montagem: Alessandro Monnerat |
Marina não vai à praia
17′ | 2014 | COR | MG | FICÇÃO

Sinopse:

Um grupo de adolescentes do interior de Minas Gerais prepara uma excursão para o litoral. Marina, uma garota com síndrome de Down, deseja conhecer o mar. Impedida de viajar com sua irmã, ela busca outros caminhos para realizar seu sonho.

  • Direção: Cássio Pereira dos Santos |
  • Produção Executiva: Heverton Lima |
  • Direção de Produção: Vanessa Maciel |
  • Direção de Fotografia: Leonardo Feliciano |
  • Som direto: Camila Machado e Francisco Craesmeyer |
  • Edição de som: Camila Machado |
  • Trilha sonora: Gianni Dias e Tiê |
  • Montagem: Idê Lacreta |
Eu não quero voltar sozinho
15′ | RJ | 2010 | COR | FIRCÇÃO

Sinopse:

Leonardo, um adolescente deficiente visual que muda de vida totalmente com a chegada de Gabriel , um novo aluno em sua escola. Ao mesmo tempo que tem que lidar com os ciúmes da amiga Giovana (Tess Amorim), Leonardo vive a inocência da descoberta do amor entre dois adolescentes gays.

  • Direção: Daniel Ribeiro |
  • Fotografia: Pierre de Kerchove |
  • Produçao: Daniel Ribeiro e Diana Almeida |
  • Som: Daniel Turini/Simone Alves |
  • Montagem: Cristian Chinen |
Ensaio sobre minha mãe
20′ | COR| RJ | DOCUMENTÁRIO

Sinopse:

Minha mãe e seus muros sonoros. Prestes a desabar.

  • Direção: Jocimar Jr. |
  • Fotografia: Filipe Tomassini e Suelen Menezes |
  • Produção: Vitor Medeiros |
  • Som: Vitor Kruter |
  • Montagem: Vitor Medeiros |
O Clube
17′ | RJ | 2010 | COR | FICÇÃO

Sinopse:

A turma do OK comemora 53 anos.

  • Direção: Allan Ribeiro |
  • Fotografia: Lucas Barbi |
  • Produção: Lucas Murari |
  • Som: Tiago Yamachita |
  • Montagem: Allan Ribeiro |

Mostra Criancine

09 NOV | 15h

Local: Cine Teatro Polytheama – Av. Marechal Deodoro da Fonseca, s/n, Centro – Goiana

L
21′ | 2011 | COR | SP | ANIMAÇÃO

Sinopse:

Teté odeia seus pés. Quando conhece Héctor, decide mudar sua aparência.

  • Direção: Thaís Fujinaga |
  • Fotografia: André Luiz de Luiz |
  • Produção: Fernanda Frasca |
  • Som Direto: Gustavo Nascimento |
  • Montagem: Alexandre Taira |
Amarelinha
12′ 20” | 2013 | COR | BA | FICÇÃO

Sinopse:

Meninos brincam com meninas. Meninas brincam com meninas.

  • Direção: Rafael Jardim |
  • Fotografia: Daniela Dantas|
  • Produção: Carine Barreto |
  • Montagem: Rafael Jardim |
O cangaceiro
6′ | 2012 | P&B | PE | ANIMAÇÃO

Sinopse:

Realizado pelos alunos de Design da UFPE, a animação conta a história de Lampião. Baseado na literatura de cordel, os versos narram seus infortúnios e seus amores, seu triunfo e seu declínio, e até seus acordos com o capeta.

  • Direção:Marcus Buccini |
  • Fotografia: André Arôxa, Vinicius Milfont e Davi Paes |
  • Produção: André Arôxa, Huilton Carlos, Vinícius Milfont, Marcos Buccini e Davi Paes |
  • Montagem: Marcos Buccini |
Eu queria ser um monstro
8′ | 2009 | COR | ANIMAÇÃO

Sinopse:

Cotidiano de uma criança com bronquite.

  • Direção:Marão |
  • Fotografia: Fotografia: Tiago MAL |
  • Produção: Marão Filmes, Rocambole, Secretaria de Cultura |
  • Montagem: Tiago MAL |
  • Som: Luama |
Paleolito
7′ | 2013 | COR | RJ | ANIMAÇÃO

Sinopse:

O curta narra as aventuras de um homem das cavernas e sua busca diária por comida. No interior de uma caverna, o caçador assiste ao despertar do seu aliado Paleolito; juntos, eles saem para caçar um animal imponente e impossível de ser capturado, uma grande e mal-humorada mamute. Através de planos mirabolantes, desenhados no corpo de pedra do Paleolito, eles tentarão – em vão – capturar a caça tão desejada.

  • Direção:Gabriel Calegario, Ismael Lito |
  • Fotografia: Fotografia: Gabriel Calegario, Ismael Lito |
  • Produção: Armando Lito, Ismael Lito |
  • Som: Voice Brasil – Lincoln Zane |
  • Montagem: Gabriel Calegario, Ismael Lito |
Cabeça de papelão
20′ | 2012 | COR | RJ | ANIMAÇÃO

Sinopse:

Antenor é absolutamente sem importância social e diferente dos demais. Percebendo que a razão de seus problemas é sua cabeça, ele decide trocá-la por uma de papelão.

  • Direção: Quiá Rodrigues |
  • Fotografia: Fotografia: Quia Rodrigues |
  • Produçao: Janela Filmes e Produções Ltda |
  • Som: Márcio Lomiranda |
  • Montagem: Quia Rodrigues |
Quando eu crescer
12′ 10” | PB | DOC. LIVRE

Sinopse:

Essa é a história de 10 anos que vive em uma vila, e tem o lixão como a sua principal fonte de sobrevivência, ele está cheio de marcas de seu trabalho e sofre bulling pelos seus colegas de escola, que o chamam de “Zé do Grude”.

  • Direção: Emmanuel Dias |
  • Som Direto: Felipe Lavorato |
  • Diretor de Fotografia: Bernardo Hennys |
  • Produção Executiva: Rebeca Zavaski |
  • Direção de Produção: Vanessa Azevedo |

Mostra Especial

09 NOV | 18h

Local: Cine Teatro Polytheama – Av. Marechal Deodoro da Fonseca, s/n, Centro – Goiana

Paraiso dos homens
10′ 42” | 2014 | COR | PB | FICÇAO

Sinopse:

O sistema canavieiro, em parte, é cruel e avassalador. As lutas de resistência ao regime totalitário são desumanas e levam o homem a ignorar seus medos, seus limites e os conflitos provocados pela opressão. A beleza e a riqueza das tradições culturais envolvem uma problemática que favorece a expressão artística, é transformadora. É o apego à fé e à mítica do povo local.

  • Direção: Tony Rodrigues |
  • Fotografia: Bruno de Salles |
  • Produçao: Eric Luna |
  • Som: David Neves |
  • Montagem: Thalles Farias, David Neves |
O que se memora
10′ 10” | 2014 | COR | PE | DOCUMENTARIO

Sinopse:

A memória viva de cinema morto.

  • Direção: Caio Dornelas e Ernesto Rodrigues |
  • Fotografia: Raphael Malta Clasen
  • Produçao: Isabel Tereza e Tiago Laranjeiras
  • Som: Caio Dornelas
  • Montagem: Felipe Ferraz |
Brasil S/A
72 min| 2014| COR| PE| FICÇÃO

Sinopse:

No Brasil dos últimos 500 anos, Edilson esteve cortando cana-de-açúcar. Um dia, as máquinas chegaram e ele deixou o corte para se engajar em sua primeira missão espacial. Um pequeno passo para ele, um salto enorme para o Brasil.

  • Direção e Roteiro: Marcelo Pedroso |
  • Produtora: Símio Filmes Ltda |
  • Elenco: Edilson Silva, Adeilton Nascimento, Giovanna Simões, Wilma Gomes, Marivalda Maria dos Santos, Maracatu Estrela Brilhante |
  • Produção: Livia de Melo |
  • Direção de Produção: Marilha Assis |
  • Fotografia: Ivo Lopes |
  • Montagem: Daniel Bandeira |
  • Som: Pablo Lamar |
  • Direção de Arte: Juliano Dornelles |
  • Figurino: Rita Azevedo e Maria Esther |
  • Animação: ZQuatro Studio |
  • Música Original: Mateus Alves |