Mostra Canavial chega a Tracunhaém, Carpina e Nazaré da Mata

Após abertura em Condado e Goiana, segunda semana de evento leva 13 curtas nacionais a mais três municípios da Zona da Mata Norte

Cobertura fotográfica (por Ernesto Rodrigues).

Em sua segunda semana, a 5ª Mostra Canavial de Cinema chega a Tracunhaém, Carpina e Nazaré da Mata. No programa estão as duas sessões da Mostra Oficial do evento, composta de 13 curtas-metragens brasileiros escolhidos sob o tema “As Três Ecologias”. Até 31 de janeiro, mais três cidades – Aliança, Timbaúba e São Vicente Ferrer – terão acesso à programação, totalizando oito cidades da Mata Norte pernambucana.

Diretor do curta “A Clave dos Pregões”, Pablo Nóbrega esteve presente na sessão de sexta-feira à noite, em Goiana. “Muito bom ver essa movimentação de difusão e formação de público pela zona da mata. Precisamos de mais ações assim, menos centralizadas”, disse o realizador. Júlio Cavani, do curta “História Natural”, esteve em Condado e disse que ficou impressionado com a quantidade de pessoas. “Acho que tinha mais de 400 pessoas em frente à prefeitura. A maioria dos filmes era bem enigmática. Achei isso legal para estimular as pessoas a pensarem, criarem suas próprias interpretações e discutirem sobre o que viram. Percebo que a programação da Mostra Canavial tem sempre uma preocupação crítica também, além de levar entretenimento”.

Na avaliação de Caio Dornelas, a primeira semana foi talvez o melhor início das cinco edições da Mostra Canavial. “O novo formato do encontro foi um acerto e tivemos um final de semana marcante para produção local. As articulações firmadas ali vão trazer bons frutos para região”, completa, sobre o Encontro do Arranjo Produtivo Local em Audiovisual.

A 5ª Mostra Canavial de Cinema é uma realização do Núcleo de Produção Engenho Digital, com o incentivo do Funcultura / Fundarpe, Secretaria de Cultura do Governo do Estado de Pernambuco e apoio dos municípios que recebem o festival.